Versão Piloto

VOZES INDÍGENAS NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO


O projeto “Vozes Indígenas na Produção do Conhecimento” – originado a partir do diálogo intelectuais indígenas de vários povos e pesquisadores dos campos da saúde coletiva e da saúde dos povos indígenas, ligados a Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/FIOCRUZ) – lança duas chamadas para publicações. 

A ideia é captar contribuições que deem visibilidade às múltiplas especificidades inerentes às realidades sócio-territoriais de cada povo, com ênfase nas complexas inter-relações sócio-culturais e políticas com a saúde dos povos indígenas.

Podem ser submetidas contribuições em que os autores principais são indígenas da América Latina, vivendo em territórios indígenas ou em contexto urbano. Co-autores podem ser não indígenas. Todas os trabalhos submetidos passarão por avaliação editorial, podendo ser aceitos ou não para publicação.

Em ambas as chamadas podem ser enviadas contribuições em Português e Línguas Indígenas (maternas, nativas ou originárias), desde que contem com a tradução para o português. Os textos devem ser inéditos e a data final para envio do material é o dia 30 de agosto de 2020, através do e-mail vozes.indigenas.fiocruz@gmail.com. Verifique as especificações de cada uma das chamadas abaixo.

Durante o projeto foi produzida a série Vozes Indígenas do território à academia. Clique e conheça os pesquisadores indígenas e seus trabalhos.

Conheça outras produções no canal da VídeoSaúde
– Saúde Indígena – Atenção diferenciada e políticas públicas para territórios indígenas
– Saúde indígena no 8º. Congresso Brasileiro de Ciências humanas e sociais em Saúde, 2019

– Saúde Indígena no 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2018


 

O comitê editorial é composto por intelectuais indígenas e pesquisadores do campo da saúde que participaram do projeto “Vozes Indígenas”.

Comitê Editorial: Braulina Aurora, Dandara da Conceição Feitosa, Eliane Boroponepá Monzilar, Joziléia Daniza Jagso Inácio Jacodsen, Mário Nicácio, Maria Lucilene Martins Santos.

 


Chamada 1“Corpo, Território, Saúde e Existência/Resistência dos Povos indígenas da América Latina”

Partindo do pressuposto que a saúde indígena compreende o cuidado com o corpo, o território, a espiritualidade, a cultura e as relações sociais, a chamada busca atrair produções culturais e diversas que abranjam esta compreensão ampla de saúde indígena, em múltiplas linguagens e em abordagens transdisciplinares visando a divulgação e circulação dos saberes indígenas.

Em função da situação de pandemia, também são incentivadas as produções culturais que versem sobre a vivência dos povos indígenas no contexto da COVID-19.

Somente serão aceitas submissões de materiais inéditos em formato de CONTO; ENSAIO FOTOGRÁFICO; IMAGEM; POESIA; RELATOS DE VIVÊNCIAS; e RESENHA. As especificações podem ser conferidas no edital.

Todas os trabalhos submetidos passarão por avaliação editorial, podendo ser aceitos ou não para publicação.

Acesse o edital completo.

Divulgue essa chamada! Baixe a divulgação aqui e compartilhe com seus amigos!


Chamada 2 – “Diversidade de Vozes dos Territórios Indígenas: Saúde Silenciada” 

Buscando a valorização dos saberes indígenas e suas produções no campo da saúde, essa chamada visa captar trabalhos sobre o tema das políticas de resistência, de retomadas e de auto-afirmação que tem como objetivo dar ênfase ao dinamismo nos conteúdos produzidos pelos povos indígenas. 

Ao reconhecer o processo de apagamento da ciência indígena, suas práticas e saberes por meio de processos coloniais, essa chamada propõe o subtítulo “Saúde Silenciada” na tentativa de romper esse silêncio e reconhecer a existência de múltiplas vozes e conhecimentos a serem considerados.

Estimulamos a participação de trabalhos acadêmicos resultantes de monografias, dissertações e teses. Somente devem ser submetidos textos inéditos. 

Todas os trabalhos submetidos passarão por avaliação editorial, podendo ser aceitos ou não para publicação.

EIXOS TEMÁTICOS:
1. Defesa dos territórios indígenas como princípio gerador de vida e saúde;
2. Parto e parteiras: cuidado e atenção para as indígenas mulheres;
3. Educação e saúde: formação e identidade indígena nos territórios;
4. Indígenas mulheres e saúde: território, corpo, espírito;
5. Saúde e espiritualidade desde as perspectivas indígenas;
6. A medicina indígena e a importância das plantas, remédios e dos saberes geracionais dentro do território;
7. Práticas e culturas alimentares dos povos indígenas: plantar, colher, fazer saúde pela alimentação;
8. A luta dos povos indígenas pela política de atenção diferenciada à saúde e experiências no SUS: reflexões, avanços e desafios nos territórios indígenas.

Em função da situação de pandemia, são oportunos trabalhos que versem sobre a vivência dos povos indígenas no contexto da COVID-19.

Acesse o edital completo.

Divulgue essa chamada! Baixe a divulgação aqui e compartilhe com seus amigos!

Assuntos de Interesse

Eventos
DirEve
Publicado em 25/09/2019

Ler mais

Pesquisadores
Grupos de pesquisa
Publicado em 25/09/2019

Procuramos informações sobre os grupos de pesquisas cadastrados no CNPq […] Ler mais

Grupo de Trabalho
GT Saúde Indígena da Abrasco
Publicado em 25/09/2019

O grupo de trabalho em Saúde Indígena da Associação Brasileira […] Ler mais